terça-feira, julho 08, 2008

MenteQueSentes - Primeiro brilho

Foi recolhida uma estrela.

Recebeu o brilho que lhe faltava

e não quer voltar a subir.

Não quer perder o céu que encontrou

numa história em que o Sol

anda de mão em mão.

1 comentário:

Maria disse...

Sorri assim que te li, com este pensamento: de facto, há estrelas que andam cá em baixo como quem anda no céu, pertinho do sol. É que o céu e o calor moram onde quer que elas brilhem! Eu recolhi a minha estrela há 9 anos, tu recolheste a tua há bem menos, mas já sabes do que se trata "um amor que começa infinito e vai crescendo" :)
A nós caberá a missão difícil de garantir que se continuem a sentir como no céu e agradecer-lhes o brilho e o calor de todos os dias.